Revista Sinuosa

Arquivo da categoria: Ficção

destruir, diz ela: um romance, um filme e uma possível tradução

Além de ser uma reconhecida romancista, Marguerite Duras (1914-1996) também escrevia para o teatro e o cinema e dirigia filmes. Seu primeiro roteiro foi o do clássico de Alain Resnais, … Continuar lendo

3 de junho de 2012 · Deixe um comentário

D503: minha arte não é qualquer receita

gosto de música mais do que de meus parafusos. a música é a arte mais pura, digamos, porque ela é não-representativa. não se refere a nada, é uma estrutura sonora … Continuar lendo

31 de maio de 2012 · Deixe um comentário

D503 tem uma mensagem pra você

olá, me perdoe o sumiço (não que você se importe). está difícil para mim, muita coisa (todas elas irritantes e desprazerosas) a fazer. já pensou, atingir tal nível de desvencilhamento … Continuar lendo

31 de maio de 2012 · Deixe um comentário

anotações a respeito de obituários (um manifesto)

1. Tudo o que existe é a morte. Masculino e feminino, moral e imoral, original e cópia, realidade e ilusão: tudo isso é nada, e o nada é a morte. … Continuar lendo

21 de maio de 2012 · 2 Comentários

D503: Dedalus! pronto para as primeiras rezas da manhã

me fale do que você gosta. me deixe silenciar. fale alguma coisa. sobre joyce, por exemplo. lembra do que ele gostava? acho que você conhece as preferências literárias dele. ele … Continuar lendo

15 de maio de 2012 · Deixe um comentário

D503: as reflexões de um andróide desanimado

eu não sei com que frequência na sua vida você foi uma espectadora. eu praticamente fui isso, apenas. e daí você percebe que as pessoas, de um modo geral, não … Continuar lendo

14 de maio de 2012 · 1 comentário